Carreiras

O mundo do trabalho

 

Dicas para entrevista de emprego em outras línguas

“A primeira dica que eu dou é conhecer a empresa para a qual você vai se candidatar. Não adianta falar um inglês do curso tradicional, você tem que estudar a empresa e suas funções em inglês." Assim o mestre em lingüística aplicada na UFRJ e diretor do curso de idiomas ER, Nélio Georgini, 34, começa, em entrevista ao Blog Carreiras, suas dicas sobre como ir bem numa entrevista de emprego em outro idioma.

 

Segundo ele, não adianta fazer uma tradução improvisada na hora da entrevista. É necessário, afirma Georgini, mostrar-se confortável. "Precisa se dedicar.”

 

“Se o seu inglês esta “mais ou menos” ou “enferrujado”, você não precisa dizer isso no começo da entrevista”, aconselha. Para ele, essa informação não vai dizer nada que o entrevistador não vá saber quando você começar a falar. “Eles estão contratando um profissional que saiba explicar as coisas em língua inglesa. Se o inglês é enferrujado não faz diferença.”

 

A preocupação exagerada com a pronúncia britânica ou norteamericana é, segundo Georgini, algo ultrapassado, de quando os pólos mundiais eram EUA e Europa. Com a globalização, o inglês deve servir para suprir uma necessidade, não como fator de status.

 

Os vícios de linguagem adquiridos durante os anos de cursinho de inglês são um dos grandes vilões a serem combatidos. “Quando a pessoa não entende uma pergunta, diz ‘repeat, please’. Isso não existe no mundo fora da sala do curso de inglês. Quando você não entende você pede desculpa, diz que não entendeu, mas não manda a pessoa repetir, é até falta de educação.”

 

Além dos jargões do cursinho, o candidato deve tomar cuidado com as gírias e as expressões que aprendeu durante a adolescência (quando estudava inglês) e continua usando. “Tem gente que entra na entrevista falando ‘Hey ya’ ou ‘What´s up’ em vez de usar um cumprimento formal, para se provar fluente.”

 

Apesar da pronúncia ser relevada a segundo plano, a gramática deve ser foco de maior atenção do candidato. Georgini explica que, quanto mais alto o cargo almejado, maior deve ser a preocupação com a gramática.

 

Por mais que esteja inseguro, um candidato não deve ser monossilábico em suas respostas para evitar possíveis erros. Se quiser mais tempo para pensar, vale a dica, faça outra pergunta, pedindo que o entrevistador detalhe o que quer ouvir de você.

Escrito por Equipe do blog Carreiras às 21h29

Comentários () | Enviar por e- mail | PermalinkPermalink #

Adidas contrata gerentes e analistas

A marca está com  quatro vagas abertas para a cidade de São Paulo, para os cargos de gerente sênior, gerente-supervisor de projetos, analista sênior de planejamento e analista de operações.

O gerente sênior vai se reportar diretamente ao diretor da área e será responsável pela implementação de iniciativas estratégicas para incrementar a eficiência dos processos da empresa na região. O candidato deverá ter diploma de nível universitário, experiência mínima de cinco anos em gerenciamento de projetos estratégicos, ou áreas correlatas, e inglês fluente. Conhecimento de outros idiomas é um diferencial.

Para a vaga de gerente-supervisor de projetos, o interessado deve ser formado em engenharia, possuir entre dois e quatro anos de experiência como analista de negócios ou líder de projetos e fluência no idioma inglês. Serão diferenciais conhecimentos em espanhol, cursos específicos de gerenciamento de projetos (como Six Sigma) e experiência em consultoria. O profissional também vai se reportar ao diretor de Operações e Estratégias de Abastecimento para América Latina e liderará projetos de "supply chain" na região.
 
O analista sênior de planejamento dará suporte à área em projetos estratégicos de "supply chain" que garantam os melhores processos na integração regional. Os requisitos mínimos são formação em gerenciamento de "supply chain", administração ou área correlata; experiência mínima de quatro anos na área, sendo dois deles em planejamento de produção, alocação ou gerenciamento da cadeia; e fluência em inglês e espanhol (oral e escrita).
 
Já o escolhido para o cargo de analista de operações dará suporte ao gerente da área na implementação de iniciativas para incrementar a eficiência dos processos da empresa na região. O candidato deverá ter diploma universitário e dois anos de experiência em gerenciamento de projetos – de preferência na área de abastecimento.
 
Os interessados podem se candidatar no portal Monster Brasil.

Escrito por Equipe do blog Carreiras às 16h50

Comentários () | Enviar por e- mail | PermalinkPermalink #

Smart Solutions abre inscrições para seu programa de trainee

A empresa, especializada em tecnologia da informação, está com inscrições abertas até 30/10 pelo e-mail trainee@smartsolutionsit.com.br.

O processo vai selecionar 30 jovens formados e recém-formados para atuar em diversas unidades de negócio da empresa no Rio de Janeiro durante, no mínimo, um ano. 

O candidato deve ter inglês fluente e ser formado em engenharia da computação, ciência da computação, análise de sistemas, ciências computacionais, gerência de redes e internet, sistemas de informação ou gestão estratégica de TI.

O processo seletivo do programa inclui análise de currículo, entrevistas individuais com gestores, prova técnica e avaliação final.

Os benefícios são vale-transporte, vale-refeição, assistência médica e odontológica, reembolso de certificações e descontos em cursos, faculdades, livrarias e academia.

Escrito por Equipe do blog Carreiras às 16h45

Comentários () | Enviar por e- mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Blog Carreiras O blog Carreiras é uma extensão da cobertura publicada semanalmente no caderno Empregos&Carreiras. É produzido pelos jornalistas Bruna Borges, Cássio Aoqui, Jordana Viotto, Marcos de Vasconcellos e Raquel Bocato.
RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.